sexta-feira, 1 de março de 2013

Análise da Loteca 548 - Jogo 13: Londrina/PR X Coritiba/PR

   JOGO 13

Londrina/PRXCoritiba/PR
Domingo dia 03/03/13 às 16h00 no Estádio do Café - Londrina/PR
Jogo válido pela 11ª rodada do 1º turno (decisão) Campeonato Paranaense de Futebol – 2013 

Londrina/PR: Os jogadores do Londina têm, na ponta da língua, a receita para o sucesso da equipe que pode conquistar o título do primeiro turno do Campeonato Paranaense: a força do grupo. O volante Bruno e o zagueiro Dirceu, confirmados como titulares para o jogo de domingo, às 16h (horário de Brasília), destacam a união da "família Tencati".
O primeiro garante que o Tubarão está "blindado" e focado no objetivo. Se conquistar o turno, além de garantir vaga na decisão, a equipe conquista a classificação para a Série D do Campeonato Brasileiro e 2013 e fica perto de vaga na Copa do Brasil de 2014.
- O nosso grupo, desde o começo do campeonato, é o diferencial. Nós temos uma família, comandada pelo Tencati. Todos os jogadores têm o mesmo objetivo, cada jogador faz o simples dentro de campo, e todo mundo respeita todo mundo. Nosso grupo hoje é uma equipe muito fechada. Então, tudo o que vem de ruim, a gente procura blindar e não deixar entrar no nosso grupo.
Dirceu também destaca a "consciência e maturidade" do elenco. Ele afirma que, mesmo jovem, o plantel conta com jogadores experientes - como o volante Germano e o atacante Alexandre Oliveira. O zagueiro do Tubarão também cita o equilíbrio como fundamental para a campanha do Londrina, que soma sete vitórias, dois empates e uma derrota no estadual:
- O grupo, a consciência e a maturidade do grupo são decisivos. Apesar de ser um grupo novo, tem uma rapaziada que já é rodada no futebol, com muita consciência do que nós queremos. Temos também o equilíbrio, tanto dentro quanto fora de campo. Fora de campo, nós trabalhamos no dia-a-dia. A gente vê que a rapaziada quer, quer muito crescer no futebol. Então, o equilíbrio nosso tem sido fundamental. Nós temos conseguido manter um padrão de jogo do começo ao fim na maioria dos jogos.
Faz muito tempo que Coritiba e Londrina não decidem um título. Apesar de o jogo de domingo, às 16 horas, no Estádio do Café, não ser uma final de fato, a pressão sobre os jogadores é a mesma que os elencos dos dois times sofreram em 1959 e 1962, quando decidiram o Estadual.
O duelo de domingo será um tira-teima, já que nas decisões anteriores, ambos têm um triunfo. Em 1959, quem levou a melhor foi o Alviverde, que venceu as duas partidas da final –realizadas em fevereiro de 1960 –, por 3 a 0 e 2 a 1. A primeira foi no então estádio coxa-branca Belfort Duarte e a segunda foi no Vitorino Gonçalves Dias, o VGD.
No entanto, não demorou muito e o Londrina deu o troco. No triangular final do Paranaense de 1962, Coxa, Tubarão e Cambaraense se enfrentaram. E no jogo decisivo, o LEC bateu o Coritiba no Belfort Duarte por 4 a 2 e sagrou-se campeão pela primeira vez.
E pela primeira vez, a decisão vai ser no Estádio do Café, que foi construído em 1976 e não viu uma final entre Coritiba e Londrina. E a promessa é de casa cheia, já que até ontem mais de 10 mil ingressos haviam sido vendidos.
Coritiba/PR: Neste domingo o Coritiba entra em campo contra o Londrina numa partida cheia de atrativos: o Coxa defende uma invencilidade de 18 jogos, as equipes já decidiram dois títulos estaduais e apenas um ponto separam os dois times no topo da tabela.
Os ingredientes do duelo entre Coritiba e Londrina transformam a partida deste domingo num clássico decisivo. Em disputa, o título do primeiro turno, que vale a primeira vaga na decisão do Paranaense. O Coxa, com um ponto a mais, tem a vantagem do empate e não perde no Estadual desde março do ano passado.
O palco da partida entre os times das duas principais cidades do estado será o Estádio do Café, localizado em Londrina. Na terceira decisão entre as equipes, uma vitória para cada lado: em 1959, o Coritiba ficou com a taça e em 1962 foi a vez do Londrina.
Agora, 51 anos depois da última decisão, o Coxa, campeão consecutivo nos três últimos anos, busca o seu trigésimo sétimo título Estadual, o Londrina, tem apenas três. Em campo às 16h se enfrentarão o melhor ataque da competição, o do Londrina com 25 gols, e a melhor defesa, a do Coxa, vazada em apenas quatro oportunidades neste Estadual.
O meia-atacante Rafinha fará nesta sexta-feira o último teste para saber se tem condições de jogar pelo Coritiba a decisão do turno do Paranaense, domingo, às 16 horas, contra o Londrina. O jogador, que levou uma pancada no tornozelo esquerdo no Atlétiba do último domingo, ficou fazendo fisioterapia nesta quinta-feira e não trabalhou com o grupo.  Se Rafinha realmente não puder jogar, o técnico Marquinhos Santos optará por Arthur como parceiro de Julio Cesar, que entra no lugar de Deivid, expulso contra o Atlético.
Outra dúvida segue sendo o volante Gil, que vem jogando na lateral esquerda. O joelho do jogador, que se contundiu em uma dividida de bola com o goleiro atleticano Santos, segue muito inchado e o mais provável é que ele não jogue. Dessa maneira, Eltinho deve assumir a lateral esquerda, enquanto que Patric, que jogou improvisado no lado esquerdo, retorna para a lateral direita.

Prognóstico: Partida que indicará o campeão do primeiro turno do estadual paranense. De um lado a equipe do Londrina que fez uma excelente campanha e chega com chances reais de título (precisa somente da vitória), além disso contará com o apoio da sua torcida que já comprou todos os ingressos para o jogo. Do outro lado o tradicional time do Cortiba, que chega ao duelo como líder da competição (tem 1 ponto a mais do que o rival)e precisando apenas de um empate para sagrar-se campeão do turno. O Londrina dos 5 jogos que disputou em casa neste estadual 2013 venceu 4 e empatou 1, portanto, está invicto jogando em casa. Por sua vez o Coritiba não sabe o que é derrota na competição, são 7V e 3E em dez jogos disputados, ou seja, está invicto dentro e fora de casa. Jogo equilibradíssimo. Daqueles que devemos apostar um triplo e conferir o bilhete depois para ver se acertou!!!
Analisando tudo o que envolve a partida, o empate é o melhor palpite para seco (este resultado dá o título ao Coxa), no entanto, indicarei um duplo obrigatório neste jogo, ao qual em razão de importantes desfalques e da pressão que enfrentará o Coxa, as colunas 1X devem garantir o ponto.
OBS:O Londrina pode até perder o título devido ao melhor elenco do Coritiba, mas não perderá a sua invencibilidade em casa de jeito nenhum!

Um comentário:

FABIO WHISK ZITO disse...

Este é pra triplo mas pra ir seco, acho que empate é a melhor escolha.