quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Análise da Loteca 548 - Jogo 14: Santos/SP X Corinthians/SP

JOGO 14
                     Santos/SP     X Corinthians/SP
Domingo dia 03/03/13 às 16h00 no Estádio do Morumbí - São Paulo/SP
Jogo válido pela 10ª rodada do Campeonato Paulista de Futebol – 2013 

Santos/SP: O argentino Miralles, do Santos, está fora do clássico deste domingo, contra o Corinthians, às 16h, no Morumbi, pela décima rodada do Campeonato Paulista. Ainda se recuperando de um edema na coxa esquerda, o atacante ainda não tem condições de jogo e foi vetado. Nesta semana, ele fez treinamentos físicos no CT Rei Pelé, mas ainda apresenta restrições que limitam seus movimentos. Sem ele, o técnico Muricy Ramalho continuará com André no time titular.
- O Miralles esteve em uma progressão nos treinamentos desta semana. No entanto, ainda apresenta restrições para movimentos de maior velocidade. Dessa forma, ele não poderá participar do jogo de domingo - explica o médico Maurício Zenaide, em entrevista ao site do Santos.
De acordo com o preparador físico Ricardo Rosa, a lesão de Miralles foi ocasionada por conta da sequência de partidas. O argentino sentiu fisgada na coxa esquerda durante a derrota por 3 a 1 para o Paulista, no domingo de carnaval, no último dia 10. Desde então, ele ficou fora da derrota por 3 a 1 para a Ponte Preta e da vitória por 2 a 1 sobre o XV de Piracicaba, no último domingo, na Vila Belmiro.
Vice-artilheiro do time na temporada, com seis gols, um a menos que Neymar, Miralles vê o concorrente André crescer de produção. Depois de encerrar um jejum de gols que durava 13 partidas, ele fez três justamente na ausência do argentino, contra Ponte Preta e XV de Piracicaba.
No meio de campo, a vaga de Renê Júnior, suspenso com três cartões amarelos, será preenchida por Marcos Assunção. Na lateral direita, o mais provável é que Galhardo ganhe uma chance no lugar de Bruno Peres, que será barrado por opção de Muricy. Ao menos foi esse o indício dado no treinamento da última quarta-feira, no CT Rei Pelé.
Assim, o provável Peixe para o clássico diante do Timão é o seguinte: Rafael; Galhardo, Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Marcos Assunção, Cícero e Montillo; Neymar e André.


Corinthians/SP: O Corinthians encerrou na noite da última quarta-feira uma série de cinco partidas sem vencer. Com a vitória por 2 a 0 sobre o Millonarios, pela segunda rodada da Taça Libertadores da América, porém, a equipe reverteu a situação: agora está invicta há nove jogos – cinco empates e quatro vitórias. O zagueiro Paulo André exaltou a necessidade de manter o desempenho apresentado contra os colombianos para embalar tanto no Paulistão quanto na competição continental.
– Sabemos que no futebol vivemos de vitórias e bons momentos. Já estamos nesse meio há muito tempo, e nele vivemos coisas boas e ruins. Uma sequência de bons resultados agora seria muito boa para nós jogadores e também para os torcedores – afirmou.
Ao contrário dos três últimos empates pelo estadual, todos por 2 a 2, contra São Caetano, Palmeiras e Bragantino, o Corinthians não deu chances ao Millonarios. Criou ótimas chances desde o início da partida até o apito final. Raramente acionado, o goleiro Cássio viveu noite de total tranquilidade, assim como a dupla de zaga. A marcação coletiva, repetidamente cobrada pelo técnico Tite, funcionou durante os 90 minutos.
No setor ofensivo, a entrada de Alexandre Pato agradou tanto o treinador quanto os jogadores. Escalado no lugar de Emerson Sheik – que, mesmo com dores no joelho direito, foi para o banco de reservas e entrou no fim da partida – o camisa 7 correu bastante e deu suporte a Paolo Guerrero, mais centralizado na área. Os dois atacantes foram os destaques alvinegros no Pacaembu, marcando um gol cada.
Além da mudança na dupla ofensiva, Tite também colocou Renato Augusto no lugar de Jorge Henrique, vetado pelo departamento médico por conta de uma lesão no músculo posterior da coxa direita. Observando “de longe”, Paulo André destacou as alterações do técnico na equipe e disse que o entrosamento do time ainda deve melhorar, mas aos poucos.
– O Tite está mexendo bastante na equipe e pode ser que demore até encaixar. Cada jogador pode sempre doar um pouquinho mais, correr para ajudar o companheiro, para que a gente evite qualquer tipo de problema – analisou.
O Corinthians volta a campo no domingo, às 16h, em clássico contra o Santos, no estádio do Morumbi. O próximo compromisso pela Taça Libertadores da América será na fronteira entre México e Estados Unidos, contra o Tijuana, líder do Grupo 5, na quarta-feira, dia 6.


Prognóstico: Um dos maiores clássicos do Futebol Paulista terá como palco o estádio do Morumbí, já que o Santos cumpre punição e não poderá atuar na Vila. O estádio de certa forma é um campo "neutro" para ambas as equipes. Santos e Corinthians fazem um jogo que promete ser muito truncado e nervoso. O time do Santos vem de uma vitória por 2X1 diante do XV de Piracicaba jogando em casa (inclusive este resultado nos propiciou a conquista dos 14 pontos no 547). Já o Corinthians pelo Paulistão empatou no último domingo diante do Bragantino fora de casa (2X2) e nesta última quarta-feira fez o dever de casa e venceu por 2X0 o Millionários - COL pela Libertadores no Pacaembú. 
Clássico que deverá ser ditado pelo equilíbrio. De um lado o Peixe com a volta do melhor jogador em atividade no Brasil: Neymar; do outro o Timão que confia na força do seu conjunto para sair vitorioso do confronto. Jogo para triplo, na falta de condições para ele, vai o famoso triplo dos pobres mesmo: Empate seco.
OBS: Se for apostar um duplo neste jogo indicamos as colunas 1X como melhores opções em razão da preparação do Santos para o jogo, já que tem apenas esta competição para focar os seus esforços.

2 comentários:

Joao Timoteo disse...

Corinthians com reserva ou não é o meu seco,
Concurso baixo então é arriscar como vou de Fogão seco no rio e duplo aberto no goiano.
Vou fazer 6 ou 12 pontos ,7 ou 14 pontos,
Se não for bem vai ser bem mal.

FABIO WHISK ZITO disse...

Eu nao estou acreditando muito no Santos e o Corinthians deve quebrar esta sequencia de empates no Paulistão.

Então Coluna 2.