sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Análise da Loteca 547 - Jogo 11: Duque de Caxias/RJ X Vasco/RJ

                JOGO 11
Duque de Caxias/RJXVasco/RJ 
Domingo dia 24/02/13 às 16h00 no Estádio Moacyrzão - RJ
Jogo válido pela 8ª rodada do Campeonato Carioca de Futebol – 2013 

Duque de Caxias//RJ: O Duque de Caxias conquistou mais um ponto no Campeonato Estadual. Na tarde deste domingo (17), o Tricolor da Baixada empatou por 1 a 1 com o Quissamã no Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, em Macaé, no Norte Fluminense. Charles Chad fez o gol da equipe comandada por Júnior Lopes, que agora ocupa o 13° lugar na classificação geral, com cinco pontos.
Antes da bola rolar, novidades na escalação. Os jovens Lucas, de 19 anos e Augusto, de 18, foram titulares pela primeira vez. O primeiro na vaga de Renan Silva, suspenso devido ao cartão vermelho recebido contra o Madureira no Marrentão. O outro, que já havia entrado no intervalo da última partida, ficou com o lugar de Leandro Cruz, opção no banco de reservas.
Justamente através de Augusto, o Duque teve a primeira chance. O atacante pressionou a saída de bola adversária e quase enganou o goleiro Ricardo, que observou ela sair à sua direita. Aos 23, foi o experiente André Gomes que quase marcou em cobrança de falta, acertando a rede pelo lado de fora. Jefinho quase fez pouco antes, em jogada pela direita. Ele bateu cruzado e o arqueiro do Quissamã tirou com a pontinha dos dedos antes que chegasse em Charles Chad, pronto para balançar as redes.
No entanto, a melhor chance de um primeiro tempo com domínio do Duque de Caxias foi aos 32 minutos. Depois de cobrança de escanteio, Silva cabeceou e acertou o travessão. No rebote, Charles Chad também tentou a cabeçada, mas errou o alvo. O Quissamã assustou uma vez com Michel, de cabeça, após cobrança de escanteio. O zagueiro, todavia, colocou para fora.
Para a etapa complementar, o Duque de Caxias manteve o mesmo ritmo, mas o Quissamã também voltou bem e dificultou as ações. Porém, a melhor chance também foi do Tricolor. Aos 13 minutos, o goleiro Ricardo saiu e socou a bola após cruzamento para a área e Leandro Cruz pegou o rebote com um lindo toque por cobertura, mas ela caprichosamente bateu no travessão. 
Quando começava a reconquistar o domínio da partida, o Duque foi castigado com um gol sofrido. Léo Miranda arriscou de fora da área, Fernando fez linda defesa mas, no rebote, não teve jeito: Thiago Trindade colocou para as redes e abriu o placar aos 29 minutos. Atrás no marcador, o Tricolor da Baixada intensificou a pressão e chegou a ter uma sequência de cinco escanteios. E, na bola aérea, aos 40, veio o empate: Antonio Carlos cruzou da esquerda e Charles Chad cabeceou: 1 a 1.
Na próxima rodada, a última da Taça Guanabara, o Duque de Caxias enfrenta o Vasco da Gama, às 16h de domingo (24), novamente no Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, o Moacyrzão, em Macaé.


Vasco/RJ: O técnico Gaúcho não contará com Leonardo para o jogo contra o Duque de Caxias, no domingo. Com dores por causa de uma tendinite no tendão de Aquiles do pé esquerdo, o atacante foi vetado da última rodada da Taça Guanabara. Bernardo assume a vaga. No treino tático da manhã desta sexta-feira, o meia já havia treinado entre os titulares, enquanto Leonardo foi poupado da atividade.
- São duas semanas com problemas com nossos atacantes de área. Ainda temos um jovem como Romário, que tem que ir aos poucos para entrar em condição boa. Não dá para colocar o Leonardo no jogo se não estiver 100%. Então ele entendeu que é melhor segurar agora para na frente ter melhores condições. Vamos ver o que é preciso para ele melhorar - lamentou Gaúcho.
Além do desfalque, Gaúcho encontra outro problema com centroavante. Tenorio se recupera de um edema na panturrilha esquerda e também está vetado. Por isso, o treinador vai repetir o trio ofensivo com Carlos Alberto, Bernardo e Eder Luis, que atuou nas três primeiras rodadas do Campeonato Carioca - vitórias sobre Boavista, Macaé e Resende.
- O Bernardo vai ficar mais perto da área, mas sem jogar de costas para o gol. Será como um atacante, com uma movimentação parecida com a do Eder Luis - explicou o treinador.
Assim, o Vasco vai enfrentar o Duque de Caxias com Alessandro, Nei, Dedé, Renato Silva e Dieyson; Abuda, Wendel, Pedro Ken e Carlos Alberto; Bernardo e Eder Luis.
O Gigante da Colina é o segundo colocado do Grupo A da Taça Guanabara, com 13 pontos. Para se classificar para as semifinais, o time precisa vencer. Caso empate, terá de torcer para o Madureira não vencer o Fluminense e igualar o número de pontos e tirar a diferença de cinco gols no saldo. O jogo contra o Duque de Caxias acontece domingo, às 16h, no Estádio Moacyrzão.

Prognóstico: O Vasco chega ao duelo vindo de uma vitória diante do Audax/RJ por 2X0 e precisará apenas de um empate para garantir a classificação à próxima fase. Já o Duque de Caxias jogará em busca da sua segunda vitória no campeonato, a equipe vem de um empate contra o Quissamã por 1X1 e não tem mais chances de classificação.
Jogo que o Vasco mantém o discurso de que quer vencer para assumir a liderança do grupo (caso o Botafogo tropeçe em seu confronto). Diante da diferença técnica entre as equipes, o Vasco é o favorito e tem tudo para vencer a partida. No entanto, em razão do péssimo gramado do estádio Moacyrzão e àquela zebra chamada "Bangú" que até hoje está entalada em minha garganta, indico um DF no Vasco para garantir o ponto, colunas X2.

Um comentário:

FABIO WHISK ZITO disse...

O Duque de Caxias corre contra o rebaixamento mas esta dificil, o time é fraquinho.
O Vasco deve ganhar facil.

coluna 2.