quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Análise da Loteca 545 - Jogo 4: Londrina/PR X Atlético/PR

JOGO 4
 
Londrina/PRXAtlético/PR
Domingo dia 10/02/13 às 17h00 no Estádio do Café - PR
Jogo válido pela 7ª rodada do Campeonato Paranaense de Futebol - 2013

Londrina/PR: O empate em 1 a 1 na última quarta-feira foi o terceiro jogo seguido do Londrina sem vitória. Na briga pelo título do turno, o Tubarão ainda perdeu o terceiro lugar na tabela, já que o JMalucelli venceu o Rio Branco-PR e assumiu a vice-liderança com 12 pontos. O Londrina é o quarto colocado com 11.
Para o técnico Claudio Tencati, a vitória era o foco do grupo para tentar manter um ponto de distância para o Coritiba, líder do estadual. O treinador admitiu que a equipe errou, mas que o ponto ainda deixa uma margem pequena entre a equipe e o Coxa. Contra o Atlético-PR, na próxima rodada, Tencati quer uma vitória para se reabilitar.
- Viemos aqui para vencer o jogo, mas, infelizmente, cometemos um erro que nos custou os três pontos. O empate nos mantém entre os primeiros do campeonato, ainda com uma margem pequena de pontos. Agora nos resta focar no Atlético-PR e conseguir uma boa vitória diante do nosso torcedor.
Destaque do Tubarão em Cianorte, o goleiro Danilo garantiu que mais um tropeço do clube seria prejudicial para manter o grupo na briga pelo título do turno. Danilo, que fechou o gol nas investidas do Cianorte, disse que, devido às circunstâncias do jogo, o ponto conquistado é importante para a sequência do Paranaense.
- Fizemos um jogo ruim em Curitiba contra o Paraná, depois fizemos um jogo em Arapongas e infelizmente tomamos o gol no finalzinho. Hoje estávamos perdendo e isso serie muito ruim, com essa sequência nossa. O empate seria bom para o desenrolar do campeonato. A entrega foi muito grande e nós precisávamos muito do resultado.
O Londrina volta a campo no próximo domingo. A equipe recebe o Atlético-PR às 17h (de Brasília), no estádio do Café.

Atlético/PR: Atlético-PR e Paranavaí esboçaram uma reação no Campeonato Paranaense na última rodada, mas só empataram na tarde desta quarta-feira, no Ecoestádio Janguito. O Furacão pressionou no primeiro tempo e em parte da etapa final. Já o Vermelhinho tentou surpreender nos contra-ataques. Os times, porém, não conseguiram balançar as redes, em partida válida pela sexta rodada. Com o resultado, o Atléticio-PR chegou aos sete pontos e permaneceu na sétima posição.
O jogo desta quarta-feira teve 2.004 pagantes e 2.408 presentes, para uma renda de R$ 20,300,00.
A postura dos times era clara desde o começo. O Atlético-PR apostava na velocidade de jogadores como Hernani e Douglas Coutinho e nos chutes de fora da área. Zezinho e Renato arriscaram de fora da área e pararam em Naldo. Já Hernani e Manteiga, também de longa distância, chutaram direto para fora. No primeiro tempo, o Furacão teve outras duas oportunidades claras. Primeiro, Hernani fez fila na marcação, mas Naldo salvou o ACP. Depois, Douglas Coutinho deu um voleio e quase abriu o placar.
Enquanto os mandantes pressionavam, a equipe de Paranavaí tentava surpreender nos contra-ataques. Porém, as principais armas ofensivas do Vermelhinho, Celinho e Felipe Rafael, eram anulados pela marcação rubro-negra. Antes do intervalo, Ney César teve de promover a primeira substituição: o machucado Carlinhos Bahia pelo volante Brito.
Os times voltaram para o segundo tempo sem altyerações, e os visitantes chegaram a balançar as redes aos dois minutos. Leandro César cruzou, e Felipe Rafael, em posição de impedimento, completou para o gol. O árbitro Nilo Neves de Souza Jr. anulou o lance. Os mandantes responderam com Douglas Coutinho. Primeiro de fora da área e depois de cabeça, ele finalizou perto do gol adversário. Depois, Tiago Adan arriscou de longe, e Naldo defendeu. Ney César, então, mexeu no Paranavaí, com a troca de um atacante por outro: Felipe Rafael por Leomar.
O ritmo do Furacão caiu. Então, Arthur Bernardes promoveu a primeira mudança: Tiago Adan saiu; Júnior Barros entrou. Assim como no primeiro tempo, o Rubro-Negro tentava chegar ao gol em jogadas individuais e chutes de longe. O time, porém, seguia pecando na finalização. Da entrada da área, Renato chutou para fora. Pela esquerda, Heracles teve o chute bloqueado. Após cruzamento da direita, Júnior Barros tentou um voleio e errou.
Os técnicos, então, decidiram mudar. Arthur Bernardes trocou Renato e Zezinho por Marcos Guilherme e Taiberson. Ney César tirou Hebert e colocou Gabriel. A partida, porém, não mudou. O Atlético-PR errava na finalização, e o Paranavaí pouco ameaçava o gol adversário. No fim, empate sem gols e vaia da torcida rubro-negra.
Atlético-PR conforme planejamento da sua diretoria, joga o estadual com o seu time sub-23, e o elenco profissional está na cidade de Málaga na Espanha em disputa da Marbella Cup, torneio ao qual, o time após vencer o Dínamo de Kiev/UCR por 1X0 nesta quinta-feira (07/02/13), chegou à final da competição e irá enfrentar no próximo domingo às 15h30 (horário de Brasília) o Dinámo de Bucareste/ROM.
Já o time sub-23 que empatou com o Paranavaí em casa foi o mesmo time que havia vencido na rodada anterior o Cianorte por 2 a 1. O treinador não sinalizou se fará mudanças na equipe deste último jogo e deverá levar à campo contra o Londrina fora de casa a seguinte escalação: Santos; Renato, Erwin, Bruno Costa e Heracles; Renan Foguinho e Manteiga; Hernani e Zezinho; Douglas Coutinho e Tiago Adan.

Prognóstico: No início desta semana ví muitos lotequeiros apontando o Atlético/PR como um bom seco do concurso, logicamente remetí ao pensamento de que eles imaginavam que seria o elenco profissional do Furacão que estaria em campo, pelo menos desta forma teríamos um bom fundamento para supostamente acreditar que isto seria o mais provável acontecer. No entanto o Atlético assim como desde o início do estadual vai para o jogo com o time sub-23. E mesmo assim, acredito que jogo será muito equilibrado. Temos de um lado o Londrina, equipe que teve um início de campeonato arrasador e detém o melhor ataque disparado da competição com 17 gols em 6 jogos (média de quase 3 gols por partida). Que está invicta jogando em casa (2V e 1E) até o momento. Mas que a três jogos não sabe o que é vitória (1D e 2E) - sendo apenas um desses jogos disputados em seu estádio (empate de 1X1 contra o Arapongas/PR). Já o Atlético/PR vem disputando o estadual com o seu time sub-23, o que de fato comprovadamente não vem agradando à ninguém, pois o time desde o início do estadual contabiliza apenas 1V, 4E e 1D em 6 jogos. Em seu último jogo saiu vaiado de campo jogando em seus domínios. O Atlético/PR sub-23 enfrentará um time que apesar de estar sem vencer a três jogos vai lutar muito pela vitória e principalmente contará com o apoio maciço de sua torcida, já que o jogo, dependendo de uma combinação de resultados, poderá valer a liderança da competição ao time de Londrina. Atualmente a equipe está na quarta colocação com 11 pontos e com um saldo de gols altamente positivo (11 prós). O Coritiba/PR é o líder da competição com 14 pontos e com 8 gols pró. Analisando a necessidade e diferença técnica das equipes, indico para as apostas simples a vitória do Londrina, Coluna 1. Para quem dispuser de um duplo neste jogo, indico como melhor opção o DF no mandante, colunas 1X.

Um comentário:

FABIO WHISK ZITO disse...

Eu vou arriscar no Atletico.

Um time grande quando vira zebra é perigoso mas eu vou cercar.

Duplo ABERTO.